Blog

Storytelling: O que é e como utilizar nas aulas!

campfire storytelling

Saber contar uma história faz toda a diferença na maneira em que o público vai receber a informação. Essa habilidade de compartilhar histórias de forma interessante tem um nome “storytelling”.

Se engana quem pensa que este método só é utilizado por jornalistas e escritores e roteiristas, a estratégia pode ser utilizada inclusive em sala de aula. Para entender mais sobre e saber como aplicar isto em aulas, continue a leitura:

O que é o storytelling?

Storytelling é a habilidade de contar uma história utilizando diversos recursos eloquentes, capazes de persuadir o público, ao desenvolver uma conexão. Ou seja, saber contar uma história pode fazer uma pessoa entender algo que jamais teria pensado, criar uma conexão emocional ou ainda persuadir alguém. O ponto chave é criar uma narrativa esclarecedora.

A técnica tem três principais poderes: atrair atenção, gerar compreensão e tornar memorável. Quando uma história é contada através de uma narrativa envolvente, as pessoas tendem a prestar mais atenção, colocar-se no lugar dos protagonistas, pensar em soluções para as crises, ou seja, praticamente, vivem a história.

Esta ferramenta, muito utilizada pelo marketing e propaganda, visa conseguir moldar o relacionamento com o cliente e se aproximar.

Como aplicar o storytelling?

Não existe uma fórmula mágica de como criar um storytelling, mas é preciso saber de algumas coisas para começar.

Primeiro de tudo, é necessário utilizar uma linguagem adequada para quem você está contando, assim as pessoas se sentem compreendidas e representadas. Cuide para que o enredo tenha detalhes que agreguem com a história e não atrapalhem o entendimento do seu público.

Nesse momento é possível colocar as dores reais dos seus clientes – neste caso alunos – para que eles criem um vínculo mais forte com sua marca – conteúdo.

Se você conseguir responder as perguntas a seguir já é um bom começo:

  • Para quem será contado?
  • O que será contado?
  • Qual a finalidade desta história?
  • Como você irá contar?

A segunda dica de como aplicar a técnica trata-se do conteúdo narrativo a ser utilizado. Será uma história informativa, comunicativa, de entretenimento ou de serviço? E a terceira dica é a fluidez.  As técnicas utilizadas precisam passar despercebidas.

Storytelling nas aulas

Agora que você já sabe o que é storytelling, é hora de colocar em prática. Lembre-se, a história precisa estar estruturada, assim ela fará sentido e trará muito mais resultado. Descreva com sentimentos e emoções os pontos relevantes que marcaram a história. Busque conectar seu público através dos objetivos em comum entre a sua solução e o que eles procuram.

Sabemos que nem sempre é fácil criar histórias interessantes, mas quando este objetivo é concluído trará resultados muito mais concretos.

Existem várias maneiras de contar uma história e uma das mais utilizadas é a jornada do herói.  A história a ser contada pode ser adaptada  de acordo com a estrutura. Ela é dividida em sete partes:

  1. Introdução;
  2. Conflito;
  3. A recusa do chamado;
  4. A ajuda necessária;
  5. A superação;
  6. A grande virada;
  7. Conclusão.

Já tem um curso para aplicar todas essas técnicas? Se a resposta for sim, está esperando o que para hospedar o seu curso na plataforma eadSimples?

Entre em contato conosco para saber mais sobre a plataforma e solicitar uma demonstração para sua instituição.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Artigos Relacionados